Regulamento Interno 2014

28-01-2014 21:15

 

Regulamento Interno 2014

 

    Pelo segundo ano consecutivo e de acordo com o definido nos Estatutos da “Tertúlia Rambóia”, aprovados na Reunião de Direcção de 15 de Outubro de 2011 e apresentados em Assembleia Geral na mesma data, ratificados pelos novos Estatutos, delineados em Reunião de Direcção do passado dia 25 de Janeiro de 2014, abaixo se estabelece o Regulamento Interno para o ano corrente, elaborado na supra-citada Reunião e apresentado/apreciado por todos os sócios presentes na Assembleia Geral, realizada no mesmo dia. Mais do que nunca será exigido a todos os sócios o cumprimento integral e sem excepções do disposto neste Regulamento.

 

Ponto nº 1: Valores e modalidades de pagamento de Quotas

    Conforme a explicação dada na já mencionada Assembleia Geral, e tentando antecipar e preparar de forma o mais organizada possível as comemorações do 10º Aniversário, já no próximo ano, decidiu a Direcção aumentar o valor das quotas para o montante de 7,50€ por mês. Por motivos de melhor controle de contas e de montantes disponíveis para cada uma das nossas habituais quatro grandes actividades (Aniversário, Colete Encarnado, Feira de Outubro e Jantar de Gala) foi definido o agrupamento deste valor mensal em quatro quotas trimestrais, a liquidar até às seguintes datas:

1)     22,50€ até final de Fevereiro;

2)     22,50€ até final de Abril;

3)     22,50€ até final de Julho;

4)     22,50€ até final de Outubro;

    Manter-se-á a modalidade de pagamento de 140€ anuais, a qual poderá ser dividida em duas prestações de 70€ semestrais, a saldar, respectivamente,  até ao final do mês de  Fevereiro e do mês de  Julho. As ofertas desta modalidade serão, este ano, o dia completo do Sábado de Colete Encarnado e o dia completo do primeiro Sábado da Feira de Outubro. Mantendo a média do preço pago por estas refeições em 2013, que foi de 15€, isto equivale a uma poupança de 60€, o que se traduz na prática num pagamento de anual quotas de 80€, inferior ao valor pago na modalidade dos 22,50€ trimestrais.

 

Ponto nº 2: Incumprimentos

1) Em primeiro lugar fica desde já estabelecido que todo o sócio com dívidas pendentes relativamente a quotas, actividades e produtos do ano anterior deixará de ser considerado como sócio activo a partir do mês de Fevereiro, perdendo por isso o direito de ser oficialmente convidado para as nossas refeições e actividades;

2) No seguimento da alínea anterior, a mesma regra se aplica a todos os elementos da Tertúlia que apresentem dois ou mais trimestres, ou um semestre de pagamentos em atraso, relativos ao ano corrente. No que diz respeito a este assunto existirão também multas pecuniárias referentes aos atrasos na liquidação das quotas, que serão aplicadas da seguinte forma: por cada trimestre/semestre em falta, multa de 10€, a ser aplicada sem excepções a partir dos últimos dias indicados no Ponto nº 1 para a regularização da quota em questão;

3) Sem prejuízo no disposto nos pontos anteriores, todos os sócios estão obrigados a respeitar os códigos de conduta definidos nos nossos Estatutos e implícitos na forma de funcionar, nos objectivos e na mentalidade da “Tertúlia Rambóia”;

 

Ponto nº 3: Organização de Actividades e Criação de uma Comissão de Festas

    Tendo como objectivos aumentar o envolvimento de todos os sócios na gestão e funcionamento da Tertúlia, dinamizar o seu espaço e libertar de responsabilidades e trabalho um reduzido número de elementos que constantemente prestam auxilio e colaboram nas nossas actividades, decidiu a Direcção apresentar aos sócios a possibilidade da criação de uma comissão de Festas, a funcionar nos seguintes moldes:

1) Constituição: mínimo de 5 elementos e máximo de 10, a definir por voluntariado dos mesmos, podendo oferecer-se membros da Direcção;

2) Responsabilidades: organização de, pelo menos, um almoço/jantar mensal, fora das actividades tradicionais realizadas pela Tertúlia, pelo que continuará a caber à Direcção o planeamento e gestão do Aniversário, do Colete Encarnado, da Feira de Outubro, do Jantar de Gala e de outras actividades de cariz extraordinário a efectuar. O objectivo desses jantares ou almoços mensais é contribuir com um lucro para a Tertúlia de pelo menos 2,50€ por pessoa, sendo o preço das refeições tabelado a um mínimo de 12,50€ com tudo incluído.

 

    Tal como aconteceu no ano transacto, todas as actividades realizadas na nossa sede que não sejam eventos oficiais d’ “A Rambóia” contribuirão com um lucro de 1€ por pessoa, para a rubrica de “Utilização da Tertúlia”, cujo objectivo é o de amortizar custos de luz e limpeza com essas mesmas actividades, bem como o de gerar alguma receita extra. Da mesma forma foi decidida a criação de cartões de consumo tipo bar onde serão anotadas e pagas todas as bebidas consumidas por sócios e visitas, em dias que não sejam de Festas organizadas sob a égide da Tertúlia.

 

Ponto nº 4: Nomeação anual de dois sócios para vogais da Direcção

    Em Reunião de Direcção, à data de 17 de Dezembro de 2011, foi decidido a inclusão anual de dois sócios para desempenharem o cargo de vogais na mesma, sendo que essa nomeação vigoraria durante um ano, findo o qual seriam substituídos por outros dois elementos não directivos. Em 2014, face à pouca disponibilidade que os dois sócios nomeados, Cátia Rocha e Ricardo Mendes “Dudu”, tiveram para comparecer nas Reuniões de 2013, fruto da sua marcação com pouca antecedência, foi decidida a sua manutenção no cargo, acrescentando-se um novo vogal anual, o sócio Tiago Rocha. Foi ainda comunicada pelo Presidente, a passagem do cargo de Vice-Presidente da sócia Mónica Abreu para o sócio Filipe Lilaia, por motivos de uma maior disponibilidade do segundo face à primeira, e também a passagem da função de Secretária-Geral, da Carla Abreu para a Ana Santos, pelos mesmos motivos. Desta forma, esta é a composição da Direcção  para o ano de 2014: Diogo Câncio (Presidente), Filipe Lilaia (Vice-Presidente), Ana Santos (Secretária-Geral) e como vogais, Mónica Abreu, Carla Abreu, Ricardo Mendes, Alexandre Miguel “Migas”, Flávio Teles, Ricardo Miguel “Matreco”, Vítor Matos “Vitorino”, Cátia Rocha, Marco Baptista, Gonçalo Ventura, Tiago Rocha e Lilia Caravela, num total de 15 elementos.

 

    Para finalizar, repetindo o já largamente referido no Relatório de Contas de 2013 e logo reiterado nas já mencionadas Reunião de Direcção e Assembleia Geral do passado dia 25 de Janeiro, apenas dizer que o agora exposto neste Regulamento Interno não tem outro objectivo que não seja o de promover a união e a participação de todos os sócios em busca do objectivo de que vivamos mais um grande ano de “Rambóia”, já com os olhos postos nas comemoração de um 10º Aniversário que se quer, simplesmente, memorável. Conto convosco!

 

                                                  Com amizade,

        João Diogo Câncio

 

Vila Franca de Xira, 28 de Janeiro de 2014